sábado, 14 de novembro de 2009

Mini-curso critica a ausência da mídia socialmente engajada



 Por: Gerusa Cabral
O mini-curso Grandes Empreendimentos e populações locais foi ministrado pelos professores Heber Gracio, antropólogo da UFT-campus Tocantinópolis, e Helen Lopes,historiador. A partir do contexto das construções de usinas hidrelétricas, eles frisaram as relações sociais das populações locais envolvidas nos processos de desalojamento. Heber criticou o posicionamento da mídia a favor dos discursos empresariais, vislumbrando o tal progresso, o futuro, o desenvolvimento da região onde se instala as hidrelétricas.

A imprensa não questiona sobre os efeitos negativos e nem contextualiza os elementos afetados pelos processos das construções das usinas. As relações de sociabilidade das populações locais não entram sequer nas discussões desse projetos. O debate incitou os participantes a refletirem sob o estado de saúde do jornalismo no Brasil.

Um comentário:

  1. essa matéria esTÁ ÓTIMA. ADOREI A CRÍTICA oas futuros jornalistas.

    ResponderExcluir